quinta-feira, 15 de novembro de 2012

4º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação


Orquestra experimental de frevo
      Nos dias 13, 14 e 15 de novembro de 2012, em Recife, a UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) sediou o 4º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação, que contou com a participação renomados pesquisadores nacionais e internacionais, a exemplo: Imad Saleh, João Mattar, Antonio Carlos Xavier, Carla Coscareli  e reuniu aproximadamente dois mil participantes.
   


   Anteriormente à conferência de abertura intitulada por " Aprendizagem em rede como resistência ao ensino estruturado", a "Orquestra experimental de frevo" (UFPE) se apresentou no simpósio, mostrando a cultura do Estado aos ouvintes presentes.
Mesa de abertura
        O conferencista João Mattar (Universidade Anhembi Morumbi e PUC-SP), por sua vez, discutiu sobre o ensino estruturado "oferecido" para instituições, enfatizando sua tendência a "coisificação" da educação, criticando o chamado BlockBuster (conteúdo fixo) que tem sido apontado como ideal para a EAD.
     Na quarta-feira pela manhã, foram iniciadas as sessões de comunicação individual e coordenada, à tarde as sessões de pôster digital juntamente com a realização de mesas redondas. Nesta programação participamos no turno da manhã da sessão de comunicação coordenada: "Formação docente e uso das TIC - Tecnologias da Informação e Comunicação - na prática pedagógica: desafios e perspectivas" dentre os trabalhos estava o da professora Carmi Ferraz Santos (UFRPE): "Políticas públicas para a formação de professores e inserção das TIC na educação", através do qual ela expôs seu estudo comparativo entre as políticas referentes às tecnologias da França, do Canadá e do Brasil, entre as discussões surgiu a seguinte pergunta a respeito do posicionamento das universidades nestes países: quem formará o professor no contexto da Era Digital?

       Ainda nesta manhã, a pesquisadora Lucia Santaella (PUC-SP) ministrou a seguinte conferência: "Hipermídia e transmídia, as linguagens do nosso tempo", na qual ela realiza uma contextualização do avanços tecnológicos, enfatizando o caminho evolutivo da troca de informações em rede (internet), de "um a um" à " um a muitos" e à "muitos a muitos", que aponta uma das principais características das redes sociais: "Estamos aqui, ali, lá, aqui, tudo ao mesmo tempo". Seu principal discurso centrou-se no significado da hipermídia, linguagem humana que segundo ela, se caracteriza pela união das matrizes verbais, visuais e sonoras da linguagem que são influenciadas pela convergência das mídias (documento escrito, telecomunicações, informática, entre outras), por fim, ela deixou o seguinte questionamento: "Por que será que a linguagem com seus rebentos - justo aquilo que está no cerne de nossa condição de seres humanos - é sempre a grande esquecida?".


As PETianas Micaelle e Laís e a Prof. Dra. Carla Coscarelli
          À tarde, participamos da mesa-redonda 03 "Letramentos digitais, visuais e outros links", que  contou com a participação de Carla Coscarelli (UFMG), que discutiu sobre letramento digital na teoria e na prática. A professora doutora Ana Elisa Ribeiro (CEFET-MG) ressaltou, ao final da mesa, a importância do professor ser multimodal literalmente, ou seja, utilizar todos os meios didáticos que estiverem disponíveis a ele, não significando que sua aula deve ter obrigatoriamente recursos tecnológicos "modernos", por exemplo, datashow, para que ela seja produtiva, uma vez que os meios que os professores já utilizam frequentemente (livro didático, por exemplo) podem auxiliar sua prática docente, beneficiando os alunos, desde que ele os utilize fundamentando-se em propostas didáticas apropriadas.       
As PETianas Micaelle e Laís apresentando seu trabalho
        No último dia, apresentamos nosso trabalho "O videoclip em sala de aula", fruto de nossos estudos no grupo de pesquisa "Práticas educativas e letramentos". O espaço reservado a apresentação em Pôsteres digitais foi de grande proveito, visto que proporcionou contato com outros pesquisadores da mesma área e estes também nos sugeriram possíveis passos para nossa pesquisa.    






As PETianas Micaelle e Laís na abertura do simpósio

Postado por:
Laís Venâncio de Melo
Micaelle Ribeiro do Nascimento  
 Graduandas de Licenciatura em Pedagogia - UFCG
Bolsistas do Programa de Educação Tutorial - PET
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antonio Gramsci

Todo Estado é uma ditadura.