terça-feira, 13 de maio de 2014

II SePPEC

O grupo PET/Pedagogia, PET/Conexões de Saberes, GESPAUF e pela Unidade Acadêmica de Educação (UAEd) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) realizou no período de cinco (05) e seis (06) de maio de 2014 O II Seminário Percursos do Pensamento Educacional Contemporâneo que este ano, teve como título Educação e Emancipação: política e pedagogia na práxis de Paulo Freire, e buscou refletir sobre as contribuições e a relevância de Paulo Freire para a educação brasileira, enfatizando a dimensão política de sua práxis pedagógica. Ademais, constituiu-se como um espaço de socialização de produções acadêmicas acerca da pedagogia freireana.
Nesta edição, o evento teve como público alvo os alunos de cursos de graduação e de pós-graduação da Paraíba, professores em efetivo exercício do magistério, professores da UAEd/CH/UFCG e de outras Instituições de Ensino Superior, além de pesquisadores, representantes de organizações sindicais e trabalhadores da educação.
O II SePPEC surgiu de estudos desenvolvidos nos Grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) Educação e Pedagogia, bem como no Grupo de Estudos sobre Paulo Freire (GESPAUF), nas disciplinas de Fundamentos Filosóficos, Históricos e Sociológicos da Educação do Curso de Pedagogia/CH/UFCG, nos Grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) Educação e Pedagogia, bem como no Grupo de Estudos sobre Paulo Freire (GESPAUF), acerca da práxis política e pedagógica freireana e ao longo dos semestres 2013.1 e 2013.2.
Cada ciclo de estudo, debateu o tema dentro de suas especificidades. No que concerne ao Grupo PET- Pedagogia, o debate sobre a pedagogia e a política de Paulo Freire ocorreu a partir das discussões sobre a vida e obra de Paulo Freire e do livro “Educação como prática de liberdade”. Os encontros ocorreram quinzenalmente, e tinham como participantes os PETianos, a tutora do grupo e alunos da graduação.
Durante o evento, as discussões ocorreram por meio de palestras, sessões de apresentação de pôsteres, uma (1) mesa-redonda e cinco (5) círculos de discussões.
Para a realização do seminário contamos com a participação dos professores da UFPE, representantes da Campanha de Educação Popular da Paraíba (CEPLAR), dos Núcleos de Base do Partido dos Trabalhadores (PT) e Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), além do representante do MST da UFCG, Eduardo Martins.
Já as sessões de apresentação de pôsteres compreenderam trabalhos desenvolvidos por alunos de graduação referentes às temáticas do evento.
   Ao enfocar essa temática, neste momento histórico de predominância da desvalorização e precarização da escola pública, como também da escassez de politicas públicas educacionais que sejam eficientes e que busquem retomar a qualidade da educação pública, além do acordar da sociedade para algumas questões sociais, que ficaram latentes por muito tempo, o II SePPEC constituiu-se como um espaço de aprofundamento teórico e de articulação daqueles –  estudantes dos cursos de formação para o magistério, pesquisadores, organizações sindicais e trabalhadores da educação – que acreditam e lutam pela construção de uma sociedade humana, justa e solidária.
Nesse contexto e relacionando com a obra de Freire, observamos que uma educação integradora do tempo e do espaço do indivíduo e que parta de sua realidade, segundo o referido autor, propicia a emancipação do sujeito. Isso ocorre na medida em que o homem vai tomando consciência e se percebendo como ser histórico-social provido e inserido na cultura. Desta feita, a educação deve possibilitar ao sujeito se tornar consciente da sua atuação na sociedade e das relações implícitas nela, permitindo que este possa refletir sobre esses aspectos e compreendê-los como determinantes de sua realidade.
Por fim, o II SePPec ao discutir os aspectos referentes à política e pedagogia na práxis de Paulo Freire, consolidou-se como o pontapé para o aprofundamento dos conhecimentos e estudos nessa área, como também mostrou a necessidade de pesquisarmos e conhecermos a obra de Freire, que mostra-se atual e dinâmica.
Confira algumas fotos do evento:
Abertura do II SePPEC

Círculos de Discussão

Círculos de Discussão

Palestra- A atualidade de Paulo Freire, palestrante Agostinho Rosas- UPE. Ao lado o professor José Luiz- UFCG


Círculos de Discussão

Palestra de Abertura- Matrizes Teóricas do Pensamento Freireano, palestrante Alder Júlio Calado- UFPB. Ao lado a professora Edileuza Custódio.

Mesa-redonda Paulo Freire, educação popular e mobilização social: da década de 1960 aos dias atuais – Campanha de Educação Popular da Paraíba (CEPLAR)- representada por Melânia Rodrigues (UFCG), Núcleos de Base do Partido dos Trabalhadores (PT)- representados por Eleny Gianini (UFCG) e Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), representado por Eduardo Martins (MST/UFCG).


Círculos de Discussão

Círculos de Discussão



Referências
FREIRE, Paulo. Educação como Prática de Liberdade. Rio de Janeiro. Paz e Terra.1992.

Postado por:
Simone Araújo da Silva Salvino e Vanderléia Lucena Meira
Graduandas do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia e bolsistas do PET/Pedagogia – UFCG.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antonio Gramsci

Todo Estado é uma ditadura.